Inscreva-se em nossa newsletter!

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Bruna Cibely e o Batalhão da Estrela: “A alma da dança e do ritmo paraense”


A dançarina Bruna Cibely e o grupo Batalhão da Estrela – composto por 20 percussionistas – apresentarão ao público do TEDxVer-o-Peso a riqueza dos ritmos do Pará: carimbó, samba de cacete, marujada, boi, xote de Bragança, entre outros.

Eles são parte do Instituto Arraial do Pavulagem, que atua no resgate da cultura popular paraense e oferece oficinas gratuitas três vezes por ano para a população de Belém. O Batalhão é formado por pessoas que já passaram por estas oficinas.


A dança como expressão cultural

Bruna Cibely da Silva Brito, 23 anos, graduanda do curso de Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal do Pará e cursando o 2° período do Curso Técnico em Artes Dramáticas pela Escola Tecnológica do Pará. É integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Cultura do Corpo, Educação, Arte e Lazer da UFPA onde atua como Pesquisadora Auxiliar na pesquisa sobre o Corpo no Processo de construção cênica nos grupos folclóricos de Belém, tese de doutorado pela UNICAMP do Professor Paulo Lima.

Iniciou nas danças folclóricas como dançarina aos 15 anos de idade no Grupo Parafolclórico Tambatajá; 2 anos depois recebeu o convite para atuar como instrutora de dança nas oficinas preparatórias dos cortejos do Arraial do Pavulagem, iniciando na arte – educação, onde pôde exercitar metodologias didático-pedagógicas do ensino das danças regionais, motivando-se pela energia que move o corpo naturalmente, ultrapassando a necessidade de técnicas elaboradas com exatidão, os trabalhos também foram elaborados em oficinas externas, e instituições de fomento a cultura no Estado. Atualmente, é dançarina do Grupo de Carimbó Sancari e professora de danças folclóricas de um grupo de idosos.

Nessa curta trajetória, passou a pesquisar in lócus, vivenciar e registrar, manifestações culturais do Pará e minimamente de outros estados, com recursos próprios. Possui um projeto de levantamento dos grupos de cultura raíz e festas de tradições populares ainda existentes para a criação de um dossiê, sendo motivada a fortalecer os movimentos de cultura popular do Estado, através da divulgação das expressões de raiz que são tachadas de arcaicas e envoltas em um véu de desrespeito e desvalorização, além de pesquisar sobre o processo de ressignificação do conceito de “cultura popular”, atrelado ao conceito de espetacularidade que as danças folclóricas vem passando na zona urbana de Belém.

Siga o Arraial do Pavulagem no Twitter

Para mais informações sobre o TEDxVer-o-Peso

quarta-feira, 13 de julho de 2011

TEDxVer-o-Peso convoca selecionados

Cem inscritos no TEDxVer-o-Peso (TEDxVoP) recebem hoje, por e-mail, a confirmação para participar do primeiro TEDx paraense. As inscrições encerraram no no dia 4 de julho com o total de 300 pessoas interessadas em participar, no dia 27 de agosto, em Belém, no SESC Boulevard, e assistir de perto as palestras chamadas TEDtalks. Além de Belém, pessoas do interior do Pará, da Região Amazônica, dos Estados de Pernambuco, Maranhão, Ceará, Brasília, Mato Grosso, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná também concorrem a uma vaga no TEDxVoP. Os candidatos selecionados na primeira chamada vão ter três dias para confirmar a participação no evento por e-mail. No dia 17 de julho, quem não confirmar presença começa a ser substituído pela lista de segunda chamada.

O TEDx paraense vai contar com 17 palestrantes, que vão falar sobre suas ideias transformadoras e Diferentes Jeitos de Viver, tema do evento. Na lista dos palestrantes confirmados está o jornalista Leonardo Sakamoto; o Procurador da República Felício Pontes; o publicitário Guilherme Araújo; o web-ativista Pedro Markun; o grafiteiro Mundano; o fotógrafo Adriano Gambarini; o arqueólogo Eduardo Góes Neves; a erveira Beth Cheirosinha; o consultor de sustentabilidade Lourenço Bustani; a dançarina do Arraial do Pavulagem Bruna Cibely; os programadores Hitoshi Yanaguibashi e José Ribeiro filho; o cantor Helinho; o ambientalista Beto Veríssimo, a chef Valnete Macedo e a designer Roberta Carvalho.

A interdisciplinaridade de atuação dos palestrantes tem pluralidade de pessoas da plateia como companhia. Para isso a curadoria do TEDx buscou entre o perfil dos inscritos um público diverso. “Um evento TEDx é uma experiência global. Não podemos nos restringir a apenas pessoas daqui, senão fica algo local. É importante que as ideias surgidas sejam resultado do contato de palestrantes com os ouvintes, por isso, os participantes foram selecionados. O selecionado “tem que ter a mente aberta e potencial para propagar seus ideais e saber receber novas ideias", disse Priscilla Santos, uma das integrantes da equipe organizadora do evento.

“Apesar de TED significar: Tecnologia, Entretenimento e Design, há muito tempo estas redes foram ampliadas para outras áreas”, afirmou Priscilla. Nesta primeira edição do TEDxVoP se inscreveram designers, pessoas que atuam na área da tecnologia, comunicação, ciências humanas, educadores, empresários, funcionários públicos, arquitetos, donas de casa.
A idade também não impôs barreiras. Para se ter uma ideia, dez pessoas inscritas têm menos de 18 anos e cerca de 20 pessoas têm mais de 50 anos de idade. A interação dos palestrantes com o público presente vai ficar por conta dos longos intervalos previstos na programação do evento. A organização do TEDxVer-o-Peso conseguiu alcançar pessoas de diversas profissões e áreas de atuação.

Segunda chamada

E quem não receber a confirmação nesta quarta-feira não perca as esperanças: “passagens aéreas com preço elevado; viagens marcadas para o período do TEDx ou outros impedimentos podem levar a uma desistência e abrir mais vagas. Por isso, é importante que quem não puder participar tenha a consciência de que pode dar a vaga para outro inscrito”, disse Priscilla.

Para quem não puder participar do TEDxVer-o-Peso, todas as palestras vão ser transmitidas ao vivo pela página do evento. No término desta edição as TEDtalks ocorridas aqui ainda vão estar disponíveis na internet. E quem quiser ingressar no mundo TED também pode se inscrever para os mais de 20 eventos TEDx que vão acontecer no país até o fim deste ano.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Maratona TED Global - Dia 1

Por Karina Miotto
Host do TEDxVer-o-Peso


Olá a todos,

Neste exato momento escrevo da Escócia, da cidade Edimburgo, local que recebe o TED Global 2011, a maior conferencia de eventos TED. A grande matriz.


Cheguei aqui há 4 dias. Rotina apertada durante os três primeiros dias, muitas coisas na agenda e muitos encontros e treinamentos com organizadores de TEDx de varias partes do mundo. Somos 160 no total e tivemos 4 dias de intensa convivência.


O objetivo é estudar novas formas de organizar melhor TEDx em todo o mundo. Como fazemos isso, por onde começamos, de quais ferramentas dispomos?

Assistimos ótimas apresentações de TEDxsters de outras partes do globo e estou muito feliz em ter conhecido tantas experiências legais - como o TEDx que aconteceu na base do Everest, ou as fotografias gigantes em preto e branco espalhadas pelo TEDx que aconteceu em Portugal, ou ate mesmo o sucesso do TEDx na Tunísia, colaborando de forma efetiva pra diminuir conflitos sociais, aumentando exponencialmente a união de muitos de seus cidadãos em prol de ideias que merecem ser espalhadas.


Aos poucos, muda-se a realidade de regiões, países e do mundo. Este e realmente um movimento lindo e com altíssimo potencial de provocar mudanças positivas, necessárias.

Hoje foi o primeiro oficial do evento. Nos aguardam mais de 70 palestrantes em 4 dias de palestras e atividades extras que incluem passeios, corridas em grupo pela cidade, programação turística, eventos TED paralelos como TED University, onde quem fala no palco é quem foi selecionado para estar aqui, ou então um brainstorming sobre o TEDxChange cujo host é Bill Gates.

São 700 pessoas de varias partes do mundo interessadas em conhecer outras pessoas e, estando aqui, parto do principio que no mínimo o participante tem que ser muito interessante. A rotina começa 7h30 da manha e vai ate a hora que você quiser. Anoitece la pelas 11 da noite e as atividades são inúmeras e intensas.

Conversando com as pessoas, fica claro que o TEDxVer-o-Peso passa a contar com muitos fãs de outras partes do mundo. Realizar um evento TEDx na Amazônia é algo realmente muito bom, positivo, necessário.

Acompanhe neste blog e em nosso twitter as novidades sobre o que tem acontecido no TED Global 2011, cujo tema (muito apropriado) é "Coisas da vida". Quantos temas cabem dentro deste tema? Nas duas primeiras seções, ouvimos um cientista politico, um biólogo, uma documentarista, cantora de ópera, cientista. Muita diversidade.

Fiquem ligados e vamos em frente.

Um abraço,

Karina

terça-feira, 5 de julho de 2011

TEDx Ver-o-Peso recebeu 300 inscrições

As inscrições pra participar do TEDxVer-o-Peso encerraram na segunda-feira com 300 pessoas justificando o porquê compartilhar suas ideias no dia 27 de agosto, no SESC Boulevard, em Belém. Muita gente que deixou para se inscrever em cima do prazo final enfrentou congestionamento no site do evento na internet, o que indicou o interesse das pessoas, de diferentes lugares, em fazer parte do primeiro evento TEDx no Pará. Agora as ideias, projetos e boas intenções estão sendo avaliadas pela curadoria do TEDxVer-o-Peso, que, entre os critérios, vai considerar se a pessoa tem potencial para replicar ideias; se já teve alguma experiência diferente na vida ou se possui um diferente jeito de viver, tema do evento.

"O objetivo é trazer diversidade para o centro do TEDx. O selecionado tem que ter a mente aberta, propagar seus ideais e saber receber novas ideias", diz Priscilla Santos, uma das integrantes da equipe organizadora do evento.

Até o fim de julho, aqueles que vão ser selecionados devem receber por e-mail a resposta positiva. Quem não for chamado ainda vai poder assistir as palestras ao vivo pelo site do TEDxVer-o-Peso ou ainda se inscrever para os mais de 20 eventos TEDx que vão acontecer no país até o fim deste ano.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

TEDx enche Belém de novidade

Intervenção urbana voluntária divulga o evento que pretende se espalhar pela cidade


Ao parar no sinal vermelho de algum semáforo em Belém e se deparar com um grupo de até 20 pessoas brincando de "estátua" no meio da rua, não se assuste, este é o flash mob em prol do TEDxVer-o-Peso, ciclo de palestras chamados de TEDtalks, que vai acontecer na cidade no dia 27 de agosto, com o intuito de disseminar Diferentes Jeitos de Viver, o tema deste ano. As intervenções nas esquinas da cidade divulgam o primeiro TEDx paraense, evento global que se propõe a espalhar boas ideias por aí. Só neste mês aconteceram 101 eventos, em mais de 36 países. Para a versão papaxibé os organizadores estão usando o flash mobcomo uma das ferramentas de divulgação, além das mídias sociais, para mostrar a força das ideias colaborativas.

"O flash mob é a mobilização das pessoas, que se reúnem, fazem ações coletivas, sem a busca de benefício próprio. Isso que está acontecendo com o TEDxVer-o-Peso é a mostra de que as pessoas que aprovam uma ideia se dispõe a ajudar, a fazer parte, sem que ganhem algo em troca com isso. Isso é o TEDx. Já começa transformador", diz o voluntário Vitor Hugo, planner da agência GotazKaen, uma das apoiadoras voluntárias do TEDxVer-o-Peso.

A ação também pretende divulgar as inscrições para quem quiser participar do evento paraense e assistir ao depoimento dos 15 palestrantes, entre eles fotógrafos, arqueólogos, músicos, artista, juristas, empresários. Para participar das palestras, basta inscrever pelo http://tedxveropeso.com.br uma boa ideia, projeto, conceito. Entre os inscritos, apenas cem pessoas serão selecionadas para assistir aos TEDtalks, que vão acontecer durante o dia inteiro no Sesc Boulevard, como a experiência e o trabalho do fotógrafo "por acaso", Adriano Gambarini, autor de fotos que já ilustraram reportagens em grandes revistas brasileiras e internacionais.

As inscrições estão abertas e vão até hoje, 4 de julho. O evento é gratuito. "O TEDx busca um público diverso, atores, designers, feirantes, comunidades, advogados, políticos, empresários. Qualquer pessoa que esteja aberta para o diálogo de ideias, diversidade", conta Priscilla Santos, organizadora do evento em Belém. Os participantes são selecionados pela curadoria, a partir das possíveis redes de relações em potencial geradas do encontro, entre participantes e palestrantes. Um dos exemplos dessas redes criadas por um TEDx é o próprio TEDxVer-o-Peso.

"O TEDxVer-o-peso surgiu do TEDx Amazônia, em novembro de 2010, exemplo de um dos maiores TEDx acontecidos ao redor do mundo. Este é o resultado do encontro de pessoas do Rio de janeiro, Minas Gerais, São Paulo que se conheceram lá. Aqui podem surgir outras redes, espalhando ideias pelos bairros, municípios, Estados." citou Priscila, que ainda lembra dos TED Talks mais assistidos até hoje, do agricultor Zé Cláudio Ribeiro, que antes de ser assassinado em 23 de maio, em Ipixúna, deixou seu testemunho em uma palestra do TED.

Último dia para inscrição no TEDx Ver-o-Peso

Por que você merece participar de um evento TEDx? É com esta pergunta que encerram hoje as inscrições para quem quer participar do TEDxVer-o-Peso, primeiro evento com selo TEDx no Estado. Entre os inscritos, apenas cem vão poder conferir de perto a programação que acontece no dia 27 de agosto, em Belém, no SESC Boulevard. Será um dia de palestras, as chamadas TEDtalks, com convidados que apresentam “diferentes jeitos de viver”, tema do evento. Como o projeto do publicitário mineiro Guilherme Araújo, que criou o “Doe palavras” para transmitir mensagens de solidariedade a pacientes com câncer, pelo twitter. Vai ter também uma palestra com o grafiteiro Mundano, que dá cor aos muros cinza da cidade de São Paulo.

Quem participar ainda vai poder ouvir a experiência do jornalista Leonardo Sakamoto, que escreve para o portal UOL e através do seu texto trava uma guerra contra o trabalho escravo no país. Entre os paraenses está a palestra do Procurador do Ministério Público Federal, Felício Pontes Júnior, que luta nos tribunais contra a violência no campo. O fotógrafo Adriano Gambarini vai mostrar o que suas lentes já captaram ao redor do mundo e o arqueólogo, Eduardo Goes Neves vai contar os desafios para se tornar um dos maiores pesquisadores da Amazônia. Essas e outras palestras vão somar 15 boas ideias de palestrantes para o TEDx paraense.

Além dos cem selecionados, o mundo inteiro vai poder assistir o que foi dito no auditório do SESC Boulevard. Todos os TEDtalks ficam disponíveis no site do TEDx para visualizações ao vivo e ainda após o término do evento. Um exemplo é a repercussão da palestra do agricultor paraense José Cláudio Ribeiro, que figura entre os vídeos mais vistos de um TEDx desde que ele participou do TEDxAmazônia. José Cláudio disse ao mundo que sofria ameaças por defender uma reserva destinada ao trabalho dos coletores de castanha-do-pará. Seu testemunho foi confirmado no dia 24 de maio, quando foi alvejado ao lado de sua esposa Maria do Espírito Santo, em Ipixúna. Sua história e seu relato podem virar filme.

Em Belém, quem participar da programação vai ter a oportunidade de conversar, interagir e trocar experiências com os palestrantes. “O intuito é que aconteçam trocas de experiências entre palestrantes e participantes, para que juntos possam promover soluções por meio da tecnologia, entretenimento, design, ciência, humanidades, negócios, desenvolvimento. Ainda vamos ter longos intervalos para estimular as conversas, para que redes sejam criadas e tornem o TEDxVer-o-Peso o mais produtivo possível”, disse Priscilla Santos, uma das realizadoras do evento em Belém.

Algumas redes de relação já estão sendo geradas no TEDxVer-o-Peso, antes de acontecer. Caso do Mundano, que junto com o coletivo de grafite paraense Cosp Tinta, vai fazer uma intervenção grafiteira em Belém. Ao chegar à cidade para o TEDx, Mundano promete colorir o espaço do bairro e dar bons exemplos aos moradores do bairro. Para a organizadora licenciada TED Glocal, Karina Miotto, este é o principal objetivo de um evento independente TEDx. “Um TEDx significa oportunidade de ouvir excelentes ideias e encontrar pessoas que queiram a mesma coisa para que, juntas, melhorar o que já é bom e encontrar soluções ao que precisa de solução”, conta.

Sobre o TED e o TEDx-Ver-o-Peso

O TED é um evento anual que reúne alguns dos maiores pensadores, empreendedores, artistas e ativistas do mundo para compartilhar ideias que fazem a diferença em várias disciplinas -- tecnologia, entretenimento, design, ciência, humanidades, negócios, desenvolvimento. As palestras da conferência TED, chamadas "TEDTalks", são posteriormente disponibilizadas para visualização gratuita no site TED.com

O TED começou em 1984 como um ponto de encontro entre empreendedores e líderes das áreas de Tecnologia, Entretenimento e Design. Vinte e seis anos depois, TED se transformou em um elo para a comunidade global de pessoas que acreditam no poder de ideias que merecem ser espalhadas. A página na internet TED.com atualmente tem uma biblioteca com mais de 600 palestras incríveis de tão alta qualidade que o site virou padrão para inovação em narrativas digitais.

Sob o lema "ideias que merecem ser espalhadas", o TED criou o TEDx, um programa de eventos locais, auto-organizados, que reúne pessoas para compartilhar uma experiência semelhante ao TED. O nome de nosso evento é TEDxVer-o-Peso. O “x” quer dizer que é organizado de forma independente sob a licença TED. Em um evento TEDx combinam-se vídeos TEDTalks e palestrantes ao vivo para estimular discussões e conexões. Toda semana, acontecem vários eventos TEDx em diversas cidades do mundo. O TEDxVer-o-Peso não é organizado pelo TED Conferences, mas opera com uma licença TED. O evento é organizado de forma independente por voluntários.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

TEDx Ver-o-Peso é destaque na imprensa paraense

Estamos em contagem regressiva: já faltam menos de dois meses para nosso evento tão esperado. Enquanto isso, o TEDx Ver-o-Peso conquista bons espaços na imprensa paraense. É a mídia local ajudando a espalhar os conceitos do TEDx.


O jornal Diário do Pará publicou uma matéria apresentando o evento e anunciando o período de inscrições, que continua aberto até 4 de julho.

Já o portal Diário Online publicou uma entrevista com a host do TEDx Ver-o-Peso, Karina Miotto. Para ler a matéria, clique aqui.

Se você ainda não tem muita informação sobre nosso evento, confira abaixo nosso release de imprensa. Divulgue no seu blog, nas suas redes sociais, no informativo da sua faculdade, no seu podcast, na sua rádio comunitária... Ajude a espalhar as ideias!

Em agosto, Belém recebe o evento TEDxVer-o-Peso
Eventos TEDx acontecem simultaneamente em diversos países do mundo e chegam pela primeira vez no Pará

Uma boa ideia faz a diferença. Pode ser um conceito, um projeto, um pensamento. Se for boa, precisa se espalhada. Sob este lema, o primeiro TEDx do Pará aporta em Belém no dia 27 de agosto. Com duração de um dia, o evento tem como tema “Diferentes jeitos de viver” e trará cinco palestras TED em vídeo e 15 palestrantes ao vivo de diferentes áreas do saber. As palestras serão dinâmicas, informativas e inspiradoras e terão duração de no máximo 18 minutos. O evento acontecerá no Centro Cultural SESC Boulevard.

Os palestrantes foram selecionados para garantir interdisciplinaridade e diversidade. Entre os que já temos confirmados podemos citar Mundano, um grafiteiro de São Paulo que faz da arte sua principal ferramenta de conscientização social; Felício Pontes, Procurador da República do Ministério Público Federal do Pará, sempre a frente da luta pelos direitos humanos na Amazônia; Adriano Gambarini, fotógrafo da National Geographic que descobriu a vocação para a fotografia depois de literalmente caminhar milhares de quilômetros pelo Brasil adentro e pelo mundo afora, entre outros nomes como o arqueólogo Eduardo Goes Neves, o jornalista Leonardo Sakamoto, o pesquisador Beto Veríssimo e a sambista Tia Pretinha.

Sobre o TED e o TEDx-Ver-o-Peso

Até 100 pessoas serão selecionadas para assistir as palestras. O evento terá manifestações artísticas no decorrer do dia e também longos intervalos para possibilitar a interação entre os participantes e a formação de redes. Para participar, é preciso se inscrever pelo site www.tedxveropeso.com.br. As inscrições estão abertas e vão até 04 de julho. O evento é gratuito.

O TED é um evento anual que reúne alguns dos maiores pensadores, empreendedores, artistas e ativistas do mundo para compartilhar ideias que fazem a diferença em várias disciplinas -- tecnologia, entretenimento, design, ciência, humanidades, negócios, desenvolvimento. As palestras da conferência TED, chamadas "TEDTalks", são posteriormente disponibilizadas para visualização gratuita no site TED.com

O TED começou em 1984 como um ponto de encontro entre empreendedores e líderes das áreas de Tecnologia, Entretenimento e Design. Vinte e seis anos depois, TED se transformou em um elo para a comunidade global de pessoas que acreditam no poder de ideias que merecem ser espalhadas. A página na internet TED.com atualmente tem uma biblioteca com mais de 600 palestras incríveis de tão alta qualidade que o site virou padrão para inovação em narrativas digitais.

Sob o lema "ideias que merecem ser espalhadas", o TED criou o TEDx, um programa de eventos locais, auto-organizados, que reúne pessoas para compartilhar uma experiência semelhante ao TED. O nome de nosso evento é TEDxVer-o-Peso. O “x” quer dizer que é organizado de forma independente sob a licença TED. Em um evento TEDx combinam-se vídeos TEDTalks e palestrantes ao vivo para estimular discussões e conexões. Toda semana, acontecem vários eventos TEDx em diversas cidades do mundo. O TEDxVer-o-Peso não é organizado pelo TED Conferences, mas opera com uma licença TED. O evento é organizado de forma independente por voluntários.

Para mais informações e inscrições:

Acompanhe também nas mídias sociais: